PUBLICIDADE
Notícias

Correia transportadora do CIPP tem obras em execução

12:10 | 30/10/2014
Os trabalhos de instalação da nova correia transportadora de minérios no Complexo Industrial e Portuário do Pecém está com 12% da sua execução pronta. A correia será utilizada para transportar minério de ferro, entre outros granéis sólidos de alta densidade, às empresas do complexo, especialmente a Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) – em fase de implantação - que utilizará o insumo para sua produção de aço. A esteira transportadora terá capacidade nominal de transporte de 2.400 toneladas/hora.
 
Estão sendo realizadas no momento serviços preliminares como as obras civis das fundações das torres de transferência e a fabricação da estrutura da correia. A estrada de serviço já está concluída. A licença de instalação foi concedida pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) em junho passado. O investimento é de R$ 212 milhões. O Ordem de Serviços foi assinada pela Secretaria da Infraestrutura do Estado -Seinfra em outubro do ano passado.
 
O equipamento partirá do berço externo do Terminal de Granéis Sólidos do Terminal Portuário do Pecém, localizado no município de São Gonçalo do Amarante, até o ponto de entrega (Torre de Transferência) onde as empresas que utilizarão o insumo farão o transporte aos seus pátios de matérias-primas, na área do CIPP.
 
Obra financiada pelo BNDES
 
O equipamento está orçado em R$ 212 milhões, dos quais 90% são financiados pelo BNDES. Os 10% restantes são recursos do Governo do Estado do Ceará. O prazo de implantação da correia é de 30 meses, contados a partir da assinatura da Ordem de Serviço (out/2013), sendo que, desse prazo, um total de 24 meses é para instalação e seis meses dedicados à operação assistida (fase de testes e ajustes do equipamento antes da operação propriamente dita). Dessa forma, o término previsto no contrato é mesmo 2016.
Redação O POVO Online
TAGS