PUBLICIDADE
Notícias

Alemanha reduz previsões de crescimento

11:10 | 14/10/2014
A Alemanha reduziu suas previsões de crescimento para 2014 e 2015, ao citar a fraca economia global em meio a uma série de crises internacionais.

O ministério da Economia cortou a previsão para o crescimento econômico para 1,2% neste ano, de 1,8% na estimativa anterior, e para 1,3% em 2015, de 2,0% anteriormente. "A economia alemã está em águas agitadas em relação ao comércio externo", afirmou o ministro da Economia e Energia, Sigmar Gabriel, em um comunicado.

A redução da previsão para 2014 era amplamente esperada, após o ministro da Economia alertar em uma entrevista no final de setembro que o crescimento poderia vir abaixo da previsão anterior, de 1,8%, tendo em vista as tensões entre a Rússia e a Ucrânia. No comunicado de terça-feira, o ministério disse que conseguir um crescimento mais forte no próximo ano dependerá de melhores circunstâncias internacionais, mas acrescentou que o mercado de trabalho e a demanda interna robustos permanecem intactos.

Gabriel disse que a Alemanha tem de investir "muito mais em sua infraestrutura" para gerar crescimento.

Os principais institutos de pesquisa da Alemanha também reduziram, na semana passada, suas previsões de crescimento para a economia nacional em 2014 e 2015, citando a fraca demanda no país e no exterior, e uma frágil zona do euro. Os institutos disseram que a maior economia da Europa deverá crescer apenas 1,3% neste ano e 1,2% no próximo ano, em comparação com as estimativas anunciadas em abril de 1,9% e 2,0%, respectivamente. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS