PUBLICIDADE
Notícias

Abimaq: indústria fatura R$ 6,08 bi em setembro

12:40 | 29/10/2014
A indústria de máquinas no Brasil registrou um faturamento bruto de R$ 6,085 bilhões em setembro, 6,4% superior ao de agosto, divulgou a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), nesta quarta-feira, 29. O número também é 17,9% menor do que o registrado em setembro de 2013. No acumulado do ano, o faturamento soma R$ 52,127 bilhões, o que representa queda de 16% na comparação com o mesmo período de 2013.

O consumo aparente mensal, por sua vez, subiu para R$ 9,121 bilhões em setembro. Esse resultado é 10,5% maior do que o de agosto, mas 16% abaixo do visto em setembro de 2013. No acumulado do ano, o consumo aparente está 16,1% menor, aos R$ 80,317 bilhões. Quando se elimina a variação cambial, essa queda aumenta para 20,4%.

Já a balança comercial do setor mais uma vez registrou déficit. Em setembro, o saldo negativo foi de US$ 1,302 bilhão, montante 18,2% maior que o déficit registrado em agosto e 15,6% inferior ao do mesmo mês do ano passado.

Importações

Em documento de divulgação, a Abimaq explicou que essa queda no déficit foi basicamente causada por um volume importado mais forte. As importações somaram US$ 2,389 bilhões em setembro, montante 6,1% maior do que aquele observado em agosto e 6,3% abaixo do registrado no mesmo mês do ano passado. No acumulado do ano, as importações alcançaram US$ 21,829 bilhões, queda de 10,2% na comparação com os nove primeiros meses de 2013.

Em setembro, as exportações somaram US$ 1,087 bilhão, uma queda de 5,4% na comparação mensal e uma alta de 7,9% na variação anual. No acumulado do ano, as vendas de máquinas para o exterior estão 13,3% maiores do que o registrado no mesmo período de 2013, a US$ 10,093 bilhões, e continuam a apresentar o melhor resultado de toda a série histórica, que remonta a 2008. O faturamento das exportações responde por 44,3% do faturamento total do setor, superando a média histórica, de 32%.

Já o Nuci, que mede o nível de utilização da capacidade instalada na indústria, ficou em 75,5% em agosto, 0,1% maior que o resultado registrado em agosto. No entanto, a carteira de pedidos de setembro está 1,5% menor que aquela observada em agosto e 1,3% melhor quando comparado com o mesmo mês do ano passado.

A Abimaq ainda divulgou que o número de pessoas ocupadas na indústria brasileira de máquinas e equipamentos mecânicos recuou 0,7% em setembro na comparação com agosto, caindo para 245.173 pessoas ocupadas. De acordo com a entidade, esse número significa 10 mil empregos a menos em relação a janeiro deste ano e é o menor número desde julho de 2010.

TAGS