PUBLICIDADE
Notícias

Venda de eletrodomésticos caiu 4,1% em julho, diz IBGE

09:50 | 11/09/2014
A queda de 1,1% nas vendas do varejo em julho ante junho foi puxada por resultados ruins em quatro dos oito segmentos pesquisados, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O recuo mais intenso foi observado em móveis e eletrodomésticos, que tiveram vendas 4,1% menores. Trata-se da segunda taxa negativa consecutiva, já que o setor havia registrado retração de 4,0% nas vendas em junho ante maio.

Além disso, o setor de hiper, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo teve retração de 1,3% nas vendas em julho ante julho. O setor vinha de uma alta de 0,5% na comparação de junho com maio.

Também tiveram retração nas vendas em julho ante junho os setores de tecidos, vestuário e calçados (-0,1%) e outros artigos de uso pessoal e doméstico (-0,4%), ambos a segunda taxa negativa seguida.

No sentido contrário, registraram alta nas vendas em julho ante junho combustíveis e lubrificantes (+0,8%), equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação (+0,9%) e livros, jornais, revistas e papelaria (+2,1%), todos se recuperando de um recuo no mês anterior.

O segmento de artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria apresentou estabilidade nas vendas na passagem de junho para julho.

TAGS