PUBLICIDADE
Notícias

Holland destaca redução do índice de difusão da inflação

12:50 | 05/09/2014
O secretário de Política Econômica do ministério da Fazenda, Márcio Holland, destacou nesta sexta-feira, 5, a redução "significativa mês após mês" do índice de difusão da inflação, o que, na sua avaliação, reflete os efeitos da política econômica. "Em março, quando o IPCA atingiu 0,92%, esse índice de difusão estava em torno de 71,7%. Agora recuou para 55%. Isso indica a efetividade da política econômica colocada em prática ao longo desses últimos meses com o objetivo de controlar a inflação e fazer com que atinja a meta anunciada pelas autoridades econômicas do País", afirmou.

Holland disse que o governo espera para os próximos meses, um comportamento benigno da inflação, particularmente quando comparado com o mesmo período do ano passado. "Note que nesse ciclo agora, até dezembro, é de alta na inflação mês a mês, mas, de qualquer forma, o que é importante destacar é que esse movimento deve ser quando não muito parecido com o ano passado, deve ser de um recuo mais significativo nos últimos meses do ano", afirmou.

Para o secretário, isso indica que a inflação, não só na avaliação do governo, mas também dos analistas de mercado, deve convergir para um valor muito próximo para 6% esse ano. "Portanto, mais um ano em que esperamos atingir as metas anunciadas", disse.

Holland afirmou que a inflação esse ano está dentro do esperado. "Está havendo três meses seguidos de deflação de alimentos", disse. "Ao mesmo tempo, a inflação que observamos para efeito de política econômica é a que está convergindo para a meta", continuou. O secretário disse que serão 11 anos com a inflação dentro da meta. Ele reafirmou que a inflação está sob controle.

Alimentos e bebidas

O secretário afirmou que a queda da inflação de forma relevante de alimentação e bebidas e de forma generalizada no mês de agosto para vários produtos deve ajudar no processo de recuperação da confiança dos consumidores nos próximos meses. "Porque a inflação de alimentos e bebidas é importante para o que a gente chama de um comportamento dos consumidores e sua confiança sobre compras futuras. Já estamos observando isso acontecer e deve persistir esse processo de recuperação da confiança dos consumidores ao longo dos próximos meses até o fim do ano", disse.

Holland disse que também é importante para comportamento futuro desse grupo é o resultado do IPA-DI agrícola. "Ele também vem manifestando um comportamento muito benigno, com deflação na maioria dos itens agrícolas no atacado.

Portanto, os consumidores deverão se beneficiar da inflação desses produtos nos próximos meses também. É um indicador importante no atacado de que a inflação no varejo vai ter comportamento persistente e interessante desse item nos próximos meses", completou.

TAGS