PUBLICIDADE
Notícias

Anbima: renda fixa tem captação 36,5% menor em agosto

11:40 | 08/09/2014
As captações domésticas de renda fixa caíram 36,5% em agosto em relação ao mesmo período do ano passado, para R$ 3,529 bilhões, informou a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais (Anbima) em seu boletim mensal sobre o mercado de capitais. Quase metade do volume captado em renda fixa (49,67%) foi por meio de notas promissórias, que somaram R$ 1,753 bilhão em agosto, montante 60% superior a agosto de 2013. O total de debêntures emitidas em agosto ficou em R$ 1,174 bilhão, 63,4% abaixo do volume captado por meio do instrumento em agosto do ano passado.

No mercado externo, foram emitidos R$ 3,8 bilhões, com a captação de R$ 3,6 bilhões do Tesouro no início de agosto influenciando o número. Em agosto de 2013, as emissões feitas no exterior ficaram em R$ 2,352 bilhões.

No mercado de renda variável não houve registro de operação. "Além da influência do cenário doméstico, esta interrupção foi potencializada pelo período de férias no hemisfério norte e a menor participação de investidores estrangeiros, bastante ativos neste mercado", diz o boletim da Anbima. A associação lembra que, de toda forma, a recuperação dos preços das ações, refletida na valorização do Ibovespa de 9,8% no mês, trouxe mais duas ofertas para análise na CVM: a da T4U Holding Brasil e a da Ouro Fino Participações, aumentando as expectativas de retomada das ofertas.

TAGS