PUBLICIDADE
Notícias

Varejo ampliado ainda tem espaço para crescer, diz GS&MD

13:20 | 26/08/2014
O comércio varejista ampliado tem ainda muito espaço para crescer, disse nesta terça-feira, 26, o diretor geral da GS&MD - Gouvêa de Souza, Marcos Gouvêa de Souza. Para crescer, entre outras coisas, o executivo defende o que ele chamou de exportação do varejo brasileiro, que vendem no exterior marcas, produtos e valor agregado. Segundo ele, o comércio varejista ampliado corresponde a 33% do Produto Interno Bruto (PIB),

Ele usou como exemplo, o comércio do café, que sai do Brasil como commodity, in natura, e volta encapsulado, com marcas e valor agregado, deixando no exterior a geração de empregos que poderiam ser criados aqui no Brasil.

Souza disse que o comércio varejista emprega 6,9 milhões de pessoas e que o setor tem crescido acima da variação do PIB desde 2004. No entanto, segundo ele, há que se registrar a falta de um projeto estratégico pelo País. "Queimamos oportunidades pela conjunção de fatores que poderiam ter permitido um salto qualitativo irreversível e sustentável", disse o executivo da GS&MD.

TAGS