PUBLICIDADE
Notícias

Revisão do IBGE faz PIB ter duas quedas seguidas

10:10 | 29/08/2014
A revisão da variação do Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre deste ano sobre o quarto trimestre de 2013, de +0,2% para -0,2%, decorreu de um tratamento estatístico realizado para o ajuste sazonal. "Não fizemos nenhuma revisão neste trimestre dos dados primários", afirmou Rebeca de La Rocque Palis, gerente de Contas Nacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta sexta-feira, 29.

"Como precisamos fazer previsões à frente para conseguir fazer a série, então por isso (a série) fica sujeita a revisões para trás", disse. "Isso significa que, no trimestre seguinte, dependendo do que acontecer, essas taxas podem ser revisadas novamente", acrescentou.

Com a revisão, o PIB brasileiro teve duas quedas consecutivas na margem: -0,2% no primeiro trimestre deste ano e -0,6% no segundo trimestre. A última vez em que isso ocorreu foi no auge da crise financeira mundial, quando o PIB caiu 3,9% no quarto trimestre de 2008 e recuou 1,6% no primeiro trimestre de 2009.

"Mas temos de tomar cuidado com taxas muito próximas de zero. Nem se fala em crescimento quando está no intervalo de -0,5% a +0,5%. Então, essa taxa pode oscilar, dependendo do resultado do próximo trimestre", disse Rebeca.

TAGS