PUBLICIDADE
Notícias

Presidente da Fiemg diz que País deve apoiar a Argentina

17:00 | 06/08/2014
O presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), Olavo Machado Júnior, afirmou que o Brasil precisa cuidar e apoiar a Argentina nesse momento de recrudescimento da crise econômica do país vizinho. "Nós temos que nos preocupar e muito com a Argentina, porque é o segundo ou terceiro principal parceiro comercial do País, e a gente não pode dispensar cliente não", afirmou Machado Júnior a jornalistas, no evento de lançamento da feira Minascon/Construir 2014, no Expominas.

Machado Júnior também declarou que o que está ocorrendo com a Argentina é uma sinalização do que pode acontecer com o Brasil no futuro, se não houver o cuidado com os "deveres de casa". "Que a gente tenha responsabilidade ao eleger nossos representantes do governo. A oportunidade de consertar o País vai vir agora com as eleições. O Brasil é muito grande para ter esse sofrimento, para crescer a números tão pífios", declarou, dizendo que Minas Gerais, por exemplo, precisa agregar valor aos seus produtos.

Ele ainda comentou que a sabatina realizada na semana passada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) com os presidenciáveis foi um "correio de boas intenções". "Foi encontro positivo. Falta saber quem será aquele que efetivamente terá condições de fazer o que precisa ser feito. Do mesmo jeito que precisamos planejar para ter um futebol melhor, temos que planejar para ter um País melhor", afirmou.

TAGS