PUBLICIDADE
Notícias

Copa amplificou queda do IBC-Br em junho, diz Tendências

09:50 | 15/08/2014
A Copa do Mundo amplificou a retração do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) de junho, na avaliação do economista Rafael Bacciotti, da consultoria Tendências. Ele destaca que influências negativas da indústria e do varejo pesaram sobre o indicador no sexto mês do ano.

O especialista faz a ressalva, no entanto, que o megaevento esportivo não é o único fator que levou à retração da atividade econômica em junho. "Nós temos visto os indicadores de confiança em patamares bem deprimidos, o que mostra um ambiente de fraqueza", comentou.

O resultado do IBC-Br do sexto mês do ano, assim como as revisões para baixo do indicador nos meses de março, abril e maio, na margem, sugerem que o Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre possa vir mais fraco que o esperado, segundo Bacciotti. Para o economista, ainda não é possível garantir que as estimativas do PIB sejam cortadas.

No entanto, é provável que as novas projeções para o segundo trimestre de 2014 sejam mais baixas que a queda esperada, de -0,6%, na comparação com igual período de 2013, e de -0,4%, em relação ao primeiro trimestre do ano.

TAGS