PUBLICIDADE
Notícias

Cesp ainda pode ser punida, diz Romeu Rufino, da Aneel

09:50 | 19/08/2014
O diretor geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino, disse nesta terça-feira, 19, que o fato de a Cesp ter atendido finalmente a recomendação do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) em aumentar a vazão na usina de Jaguari atenua a infração cometida pela companhia paulista, mas reforçou que a empresa continua sujeita a penalidades. "Demos 15 dias para que a Cesp nos respondesse, e o processo seguirá a análise normal", disse Rufino, antes da sessão ordinária da diretoria da agência.

No último dia 12/08 a Aneel informou que notificou a Cesp a cumprir o despacho do ONS e elevar a vazão da usina do Rio Jaguari, e que havia enviado um ofício questionando os motivos da empresa para reduzir a vazão, o que pode comprometer a geração de energia de empreendimentos que ficam na mesma bacia hidrográfica do rio Paraíba do Sul, além do abastecimento de água em vários municípios no Rio de Janeiro e em Minas Gerais. Se continuar a descumprir a orientação, a Cesp estará sujeita a penalidades que vão desde uma advertência até multa correspondente a até 2% da receita anual.

TAGS