PUBLICIDADE
Notícias

Abear espera para 2014 crescimento ao menos igual a 2013

13:40 | 22/08/2014
O setor de aviação deve registrar neste ano uma taxa de crescimento no mínimo estável em relação ao reportado no acumulado do ano até julho, de 5,6%, disse nesta sexta-feira, 22, o presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), Eduardo Sanovicz. "O menor patamar é a estabilidade", disse o executivo, não descartando a possibilidade de um repique da demanda após um mês de julho mais fraco devido à Copa.

Ele lembrou que 2014 é "o ano mais atípico da história", com Copa, cenário eleitoral, cenário internacional influenciando o mercado aéreo. Para o mundial, a expectativa era de queda de 10% a 15% na demanda, tendo em vista o comportamento do transporte aéreo nas últimas duas edições do mundial e Olimpíada de Londres. Mas o resultado foi de um crescimento de 0,5% em julho e de 0,4% em junho. "O que aconteceu é que as dimensões do País tornaram impossível que as distâncias de um jogo a outro fossem atingidas num prazo de Copa do Mundo", explicou, justificando o maior volume de passageiros que o esperado.

Turismo

O ministro do Turismo, Vinicius Lages, comentou que no primeiro semestre o Brasil registrou um volume acima do esperado de turistas estrangeiros e a expectativa é superar a marca de 6 milhões de passageiros. Lages comentou que o ministério está planejando ações para captar mais turistas, após a boa imagem do País com a Copa. Serão lançados vídeos de agradecimento ao turista estrangeiro da Copa e de sustentação da experiência positiva após o mundial. Para o curto prazo, o foco deve ser os Estados Unidos, principal procedência de turistas estrangeiros durante a competição.

TAGS