PUBLICIDADE
Notícias

Projeto estuda radiação e seus efeitos na aviação

10:42 | 25/07/2014

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) está participando de pesquisa que estuda os efeitos das radiações ionizantes de origem cósmica sobre os sistemas eletrônicos embarcados em aeronaves. O projeto  Efeitos das Radiações Ionizantes em Sistemas Aeronáuticos (Erisa) permite ampliar os conhecimentos sobre o campos de radiação em altitudes típicas de aviação e seus efeitos. Outro objetivo é a viabilização do fornecimento de suporte de dados para a implementação de requisitos de segurança e de avaliação da suscetibilidade de sistemas eletrônicos embarcados.

 A pesquisa está sendo Desenvolvida por pesquisadores do Instituto de Estudos Avançados (IEAv) do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA/Comaer); do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE); e do Instituto de Radioproteção e Dosimetria (IRD) da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN).

 Aprovado recentemente pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o projeto encontra-se em fase de desenvolvimento, com a chegada de equipamentos e de estudantes que colaborarão com a pesquisa. Dentro de poucas semanas, os novos equipamentos começarão a ser colocados em operação em aeronaves para a medição de radiação cósmica e avaliação de seus efeitos em sistemas embarcados.

 O projeto Erisa também está relacionado aos projetos Dosimetria da Radiação Ionizante no Espaço Aéreo Brasileiro (Drieab), que visa ao estudo de dose da radiação incidente em tripulações de aeronaves e o projeto Medidas dos efeitos da radiação cósmica em memórias embarcadas em equipamentos aviônicos (RCMA), que aborda os efeitos das radiações em memórias embarcadas.

Portal Brasil

TAGS