PUBLICIDADE
Notícias

Número de novas empresas no Brasil bate recorde no primeiro semestre

De janeiro a junho, surgiram 944.678 novos empreendimentos. O número é o maior para o período, desde que o indicador foi criado, em 2010

12:09 | 29/07/2014

O Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas registrou a criação de 944.678 novas empresas no Brasil no primeiro semestre de 2014. O número representa um aumento de 4,3% em relação ao mesmo período do ano passado, quando 905.468 novos empreendimentos surgiram. O número deste ano também é maior do que o registrado no primeiro semestre de 2012 (com 893.034 novas empresas), de 2011 (794.179) e de 2010 (693.146).

 Em junho deste ano, 149.350 novas empresas surgiram no Brasil, um decréscimo de 8,3% em relação a maio, quando 162.781 novos empreendimentos foram criados. De acordo com os economistas da Serasa Experian, a queda pode ser atribuída à Copa do Mundo e também a fatores sazonais relacionados ao mês de junho. Isso porque, entre os meses de maio e junho de 2013, o Indicador também apurou baixa de 9,2%, assim como no mesmo período de 2012 (-12,7%) e 2010 (-13,4%). Apenas em 2011 houve um ligeiro aumento de 1% no mês de junho em relação a maio.

 A queda no nascimento de empresas em junho foi registrada em todos os segmentos: entre os Microempreendedores Individuais (MEIs), responsáveis por 72,3% dos novos empreendimentos, foram 109.499 novas empresas em junho, contra 115.497 em maio (queda de 5,2%). Já as Empresas Individuais registraram queda de 14,7% de um mês para o outro (14.762 em junho contra 17.296 em maio). As Sociedades Limitadas foram responsáveis pelo nascimento de 17.797 empresas em junho, contra 20.707 em maio (queda de 14,1%).

 O Sudeste - responsável por 51% do total de novas empresas – registrou o maior número de empreendimentos abertos no primeiro semestre de 2014, com 481.354 nascimentos. Em seguida, com 17,8% do total e 167.935 empresas, está a Região Nordeste. A Região Norte manteve o quinto lugar durante todo o semestre, com a criação de 50.275 empresas (5,3% do total).

Redação O POVO Online

TAGS