PUBLICIDADE
Notícias

Ministro diz que transposição terá celeridade no período de pouca chuva

10:31 | 09/07/2014
O ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, afirmou, nesta quarta-feira, que o projeto da transposição das águas do rio São Francisco deve ganhar maior celeridade no restante deste ano. Isso porque acabou a greve dos operários no lote do empreendimento que cruza a Região do Cariri cearense, houve aumento do número de trabalhadores para 11.500 e a chuva, que pouco ocorre neste período do ano, embora “seja sempre bem-vinda”, não vai atrapalhar o andamento das obras.

A ordem agora, de acordo com o ministro, é acelerar o cronograma do projeto, dentro da meta estipulada pelo Governo Federal de concluir a transposição até fim de 2015.

Francisco Teixeira, indagado sobre a perspectiva de que a seca possa perdurar no Nordeste, afirmou que o quadro causa preocupação. "Tenho 30 anos trabalhando na área hídrica e nunca vi uma seca perdurar três anos como estamos vendo”, acentuou o ministro, observando que o Governo Federal trabalha para garantir o abastecimento de água e, como ação preventiva, financia adutoras.

Sobre o nível dos reservatórios do Nordeste, Francisco Teixeira reconheceu que a situação é de preocupação e que já há vários municípios “racionalizando” o uso da água. Ele observou que em 2012 o nível de acumulo nos açudes era de 62%. Ano passado, caiu para 42% e, neste ano, atingiu percentual variando entre 30 e 32 por cento. “É preciso uma gestão eficaz das reservas”, disse o ministro.
Blog do Eliomar

TAGS