PUBLICIDADE
Notícias

Inflação no Japão desacelera em junho

22:00 | 24/07/2014
A inflação no Japão desacelerou pelo segundo mês consecutivo em junho, o que possivelmente irá alimentar o debate sobre se o Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) está excessivamente otimista sobre o timing no qual irá alcançar a meta inflacionária.

O núcleo do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês), desconsiderando-se os efeitos do aumento de imposto de abril, subiu 1,3% em junho, na comparação anual. Em maio, a alta havia sido de 1,4%, sendo que a meta é de uma inflação sustentável em 2,0%. O governo projeta que alcançará essa meta ao redor de abril do próximo ano, após enfrentar um período de desaceleração nos próximos meses.

O número veio em linha com a mediana das projeções de economistas consultados pelo Wall Street Journal e pelo Nikkei. O enfraquecimento na inflação ocorre em um momento no qual a alta dos custos de importação começa a perder força e a retração nos gastos das famílias após o aumento do imposto sobre vendas impacta as vendas.

O núcleo do CPI para a área metropolitana de Tóquio subiu 0,9% em julho, em comparação com o mesmo mês de 2013, mantendo o mesmo ritmo de junho e ligeiramente acima dos 0,8% previstos pelo mercado. Esse número também exclui os efeitos do aumento de imposto. A inflação de Tóquio é vista como um indicador antecipado da evolução dos preços para o resto do Japão. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS