PUBLICIDADE
Notícias

África do Sul: 200 mil mineiros entram em greve

14:35 | 01/07/2014
Cerca de 220 mil trabalhadores de minas de metais entraram em greve nesta terça-feira na África do Sul, como parte da ação do maior sindicato do país para exigir salários maiores. Os funcionários exigem aumento salarial de 12%, enquanto as empresas oferecem aumentos de entre 7% e 8%.

O país ainda se recupera da greve de trabalhadores de minas de platina, que durou cinco meses e custou mais de US$ 2 bilhões em perda de receita às mineradoras. A paralisação também contribuiu para a contração da economia sul-africana nos primeiros meses do ano.

Além disso, em junho, a agência de classificação de risco Standard & Poor's cortou os ratings do país em um grau, enquanto a Fitch mudou a perspectiva do rating sul-africano para negativa.

A greve pode ser ainda mais um fator a prejudicar a taxa de desemprego de 25% e o baixo crescimento da África do Sul. A Anglo American Platinum, maior produtora de platina do mundo, disse recentemente que está reavaliando a viabilidade de suas minas no país, o que pode levar a mais perdas de emprego. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS