PUBLICIDADE
Notícias

Ucrânia e Rússia retomam negociações sobre gás

11:40 | 14/06/2014
Representantes da Ucrânia e da Rússia vão manter as conversações em Kiev neste sábado como uma última tentativa para chegar a um acordo sobre os preços do gás natural antes de segunda-feira, prazo final que estatal russa Gazprom deu ao governo ucraniano para quitação dos débitos antes da suspensão do fornecimento de energia para o país.

"Uma nova reunião está sendo preparada em Kiev, em um formato diferente das conversas anteriores", disse o porta-voz da Gazprom, Sergei Kupriyanov, em entrevista à Interfax. Ele acrescentou que a empresa está aberta a um compromisso, mas não vai tolerar a pressão. Kupriyanov não entrou em detalhes sobre a natureza das conversações.

A nova rodada de negociações será composta por representantes da Ucrânia, da Rússia e da Comissão Europeia, disse um funcionário do governo ucraniano.

Kiev e Moscou estão enfrentando desde abril uma disputa sobre o preço do gás vendido pela Rússia à Ucrânia, com a Gazprom exigindo o pagamento da dívida de US$ 1,95 bilhão até segunda-feira de manhã. Caso contrário, a empresa russa diz que só irá fornecer energia ao país vizinho mediante pagamento adiantado.

As conversas em Bruxelas entre os representantes dos país falharam na quarta-feira, com os representantes de ambos os lados relutantes em abrir mão de suas condições nas negociações. Depois de a Rússia ameaçar cortar o fornecimento de gás à Ucrânia, Kiev sinalizou que pode submeter a questão a um tribunal internacional de arbitragem.

A suspensão do fornecimento de gás russo à Ucrânia pode prejudicar o estoque de europeu de energia, uma vez que o território ucraniano é o ponto de estoque e distribuição da commodity para a Europa Ocidental. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS