PUBLICIDADE
Notícias

Safra será maior em 2014 para 17 produtos, diz IBGE

11:50 | 10/06/2014
O País terá uma safra maior este ano para 17 dos 26 principais produtos pesquisados pelo Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) divulgado nesta terça-feira, 10, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em relação à safra de 2013, o levantamento de maio espera crescimento na produção de algodão herbáceo em caroço (27,6%), arroz em casca (4,8%), aveia em grão (6,9%), batata-inglesa 1ª safra (7,7%), batata-inglesa 2ª safra (0,9%), batata-inglesa 3ª safra (0,7%), cacau em amêndoa (3,9%), café em grão - canephora/conilon (14,5%), cebola (14,0%), cevada em grão (2,5%), feijão em grão 1ª safra (50,5%), feijão em grão 2ª safra (11,2%), laranja (0,8%), mamona em baga (355,8 %), mandioca (10,1%), soja em grão (5,8%) e trigo em grão (36,5%).

Os nove produtos que devem ter safra menor são amendoim em casca 1ª safra (-19,3%), amendoim em casca 2ª safra (-13,2%), café em grão - arábica (-12,8%), cana-de-açúcar (-0,1%), feijão em grão 3ª safra (-11,6%), milho em grão 1ª safra (-9,2%), milho em grão 2ª safra (-2,6%), sorgo em grão (-10,6%) e triticale em grão (-3,1%).

Soja

A produção nacional de soja deste ano crescerá, porém menos do que o estimado, segundo o IBGE. A expectativa é de que a safra alcance 86,5 milhões de toneladas, uma expansão de 5,8% em relação a 2013. No entanto, a previsão é 0,5% menor do que a divulgada em abril.

"As reavaliações para essa queda foram feitas principalmente no Maranhão, Piauí e em Minas Gerais. Caiu um pouco o rendimento nos três Estados, provavelmente estavam esperando rendimento maior", disse Carlos Guedes, técnico da Coordenação de Agropecuária do IBGE.

A queda no rendimento deve ter sido provocada por problemas climáticos, segundo o pesquisador. "Na verdade, nesses Estados, não foi só a soja, outros produtos também variaram (a estimativa foi revista para baixo), como o feijão. Alguns produtos estavam com projeção maior e caíram nesse mês", lembrou Guedes.

Em 2014, Mato Grosso deve responder por 30,5% de toda a produção nacional de soja, seguido por Paraná, com 17,0%, Rio Grande do Sul, com 15,1%, Goiás, com 10,2%, e Mato Grosso do Sul, com 7,3%.

TAGS