PUBLICIDADE
Notícias

MG lança edital da terceira PPP da área rodoviária

18:00 | 26/06/2014
O governo de Minas Gerais lançou, em cerimônia na tarde desta quinta-feira, 26, o edital da licitação da Parceria Público-Privada (PPP) do Contorno Metropolitano Norte (Rodoanel Norte), via de ligação leste a oeste da Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com o subsecretário de Investimentos Estratégicos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado, Luiz Antonio Athayde, esta é a terceira PPP na área rodoviária. "Mas hoje temos cerca de 15 iniciativas em PPP, com presídios, conservação de parques ambientais e a segunda parte do centro de convenções Expominas, que será a próxima", explicou.

A rodovia vai ligar a BR-381, na saída para Vitória, à mesma rodovia, na saída para São Paulo, cruzando com a BR-040, na saída para Brasília, e rodovias estaduais como a MG-010, MG-020, MG-404 e LMG-806. Serão interligados os municípios de Sabará, Santa Luzia, Vespasiano, São José da Lapa, Pedro Leopoldo, Ribeirão das Neves, Contagem e Betim.

O Rodoanel Norte terá uma extensão de 66 quilômetros e também fará a ligação dos principais polos econômicos estaduais e nacionais com a região metropolitana de Belo Horizonte. "Essa PPP é a clássica. Haverá o custeio de todas as obras, com a contraprestação do Estado ao futuro concessionário e também a cobrança de um pedágio justo para equilibrar as contas. Até 2033, quando a obra estiver concluída, serão gerados 568 mil novos empregos", declarou.

A duração do contrato da PPP será de 30 anos para implantação e operação da rodovia. Os investimentos previstos são de R$ 4 bilhões para obras e desapropriações, sendo R$ 3,2 bilhões por meio do parceiro privado, e R$ 800 milhões do Governo do Estado. A previsão é que as obras durem quatro anos. Será declarada vencedora da licitação a empresa que cobrar menor valor mensal de contraprestação a ser paga pelo Governo de Minas. O prazo para apresentação de propostas é 18 de agosto. A expectativa é que o contrato seja assinado ainda neste ano, para início das obras em 2015.

"Até o final do ano queremos chegar ao final desse processo de licitação. Queremos deixar esse legado para o próximo governo. Eu tenho consciência de que cumpro uma etapa de algo que estava sendo construindo pelo Anastasia Antonio Anastasia (PSDB), antecessor de Coelho e Aécio Neves senador e que foi governador de Minas Gerais", falou o governador do Estado, Alberto Pinto Coelho (PP).

A nova rodovia vai reduzir em 70 mil veículos diários - o equivalente a 48% - o tráfego de veículos pesados no Anel Rodoviário. Diariamente, passam pelo Anel de 154 mil veículos, grande parte deles vindo das BRs 281, 262 e 040 e que transitam desnecessariamente por Belo Horizonte, já que o destino de muitos é o interior do Estado.

TAGS