PUBLICIDADE
Notícias

FGV: construção pode voltar a crescer no ritmo de 2011

16:50 | 05/06/2014
O crescimento do setor da construção pode voltar ao ritmo visto durante o maior período de expansão do setor, avaliou a coordenadora de projetos da construção da FGV, Ana Maria Castelo. Na avaliação da pesquisadora, o setor enfrenta hoje um momento de cautela, mas ela avalia que é algo "conjuntural".

Em estudo apresentado nesta quinta-feira, 05, em São Paulo, a FGV analisou os três anos que marcaram forte crescimento do setor, de 2008 a 2011. No período, o PIB brasileiro cresceu 16% e o da construção teve expansão de 37%. Já no primeiro trimestre de 2014, quando o PIB brasileiro cresceu 0,2% na comparação com o mesmo período do ano anterior, a construção recuou 2,3%.

Ana Maria considerou que novas desonerações de tributos poderiam ser um caminho para retomar o crescimento. No estudo, a FGV calculou que os impostos que incidem na cadeia da construção cresceram 6,72% ao ano durante os três anos analisados, apesar de algumas desonerações. Houve queda apenas nos tributos incidentes sobre materiais de construção, que receberam desoneração, mas alta no restante da cadeia.

TAGS