PUBLICIDADE
Notícias

FecomercioSP: endividamento das famílias ficou estável

16:30 | 05/06/2014
O nível de endividamento na cidade de São Paulo registrou estabilidade em maio ante abril, com 51,2% do total das famílias pesquisadas afirmando ter alguma dívida, de acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). Isso significa, em números absolutos, que 1,835 milhão de famílias tinham alguma dívida no mês passado. Na comparação com maio de 2013, o indicador registrou queda, já que na ocasião 57,1% das famílias pesquisadas estavam endividadas.

Para a assessoria econômica da FecomercioSP, a estabilidade do endividamento entre abril e maio mostra que o consumidor paulistano "está cauteloso para contratar financiamentos, diante dos juros mais altos, baixo crescimento da renda e inflação pressionada, com destaque para os preços dos alimentos". O levantamento mostrou que o cartão de crédito segue como principal dívida das famílias paulistanas, com 68,1% do total possuindo parcelas a vencer, 1,9 ponto porcentual a mais do que o verificado em abril. As demais modalidades de dívidas são financiamento de veículo (19,3%), carnê de crediário (15,4%), financiamento imobiliário (13,4%), crédito pessoal (11%) e cheque especial (5,7%) e outros.

TAGS