PUBLICIDADE
Notícias

Banco do Canadá alerta para risco de crise na China

00:50 | 13/06/2014
Uma crise no sistema bancário paralelo da China enviaria ondas de choques na economia do Canadá, deprimindo os preços das commodities e ativando uma correção no mercado imobiliário, alertou o Banco do Canadá. Em comunicado, a autoridade monetária afirmou que esse risco de uma crise bancária na China aumentou desde a última avaliação sobre a saúde do sistema financeiro canadense, em dezembro.

Os bancos canadenses têm pouca exposição direta à China, mas eles estão expostos pelos laços com os bancos britânicos, que são muito mais ativos no país oriental, afirmou a autoridade monetária.

O setor bancário paralelo da China preocupa por ter uma regulação mais frouxa e as instituições serem mais alavancadas. E, em caso de crise, os efeitos poderiam ser sentidos na economia internacional. "O resultante declínio na demanda global por commodities e nos preços seria transmitido para o Canadá via sua ampla exposição ao setor de commodities. O choque à demanda agregada global ativaria uma correção no mercado imobiliário do Canadá e estresses relacionados no sistema financeiro doméstico", explicou o Banco do Canadá.

Os outros principais riscos ao sistema do Canadá, incluindo o de um colapso nos preços do setor imobiliário, juros mais altos e crise do euro, não sofreram alteração desde dezembro, disse o banco. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS