PUBLICIDADE
Notícias

Abras: vendas de supermercados caem 4,45% em maio

11:50 | 30/06/2014
As vendas reais do setor supermercadista caíram 4,45% em maio, na comparação com abril, e recuaram 0,05% sobre maio de 2013. No acumulado dos cinco primeiros meses deste ano, as vendas reais apresentaram crescimento de 1,62% contra o mesmo período do ano passado, de acordo com dados da Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

Em valores nominais, as vendas do setor em maio também apresentaram queda, de 4,01% na comparação com o mês anterior. Ante maio de 2013, no entanto, foi registrada alta de 6,33% e, no acumulado do ano, as vendas nominais subiram 7,74%.

De acordo com o presidente do Conselho Consultivo da Abras, Sussumu Honda, os resultados das vendas do setor até maio continuam positivos e a expectativa é de que as vendas em junho e julho surpreendam positivamente, especialmente pelo maior consumo de produtos de algumas categorias em razão da Copa do Mundo. "Continuamos com a nossa estimativa de crescimento de vendas para o ano em torno de 3%", afirmou, em nota.

Preços

A cesta de 35 produtos de largo consumo, acompanhada pela Abras, apresentou alta de 0,05% em maio, na comparação com abril, passando de R$ 377,74 para R$ 377,93. Em relação a maio de 2013, o indicador subiu 4,23%.

Em maio, as maiores altas de preço ocorreram na cebola e tomate, segundo a Abras, que subiram 16,27% e 13,68%, respectivamente. A maior queda foi verificada na batata (-17,01%), farinha de mandioca (-14,57%), margarina cremosa (-3,98%) e carne traseiro (-1,85%).

TAGS