PUBLICIDADE
Notícias

Trabalhadores da Companhia de Gás do Ceará entram em greve

Os funcionários entraram em greve nesta terça-feira, 27, por tempo indeterminado

17:11 | 27/05/2014

Atualizada às 18h30min

Trabalhadores da Companhia de Gás do Ceará (Cegás) entraram em greve nesta terça-feira, 27, por tempo indeterminado. Conforme o Sindipetro Ceará/Piuí, houve reuniões, mas não se chegou a um acordo.

As obras do Acquário Ceará, no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) e alimentação de gás natural no Castelão podem ser prejudicadas. Outras 300 indústrias e a rede hoteleira da Beira-mar também podem ser afetadas com a greve.

As principais reivindicações dos trabalhadores são: equiparação de salários; aplicação imediata do Plano de Empregos Carreiras e Salários (PECS); benefícios sociais; vale refeição; auxilio educação fundamental-médio.

"O que a Companhia oferece aos trabalhadores é 1,58% de ganho real. E isso está longe do que é pedido pela categoria, que é equiparação salarial entre cargos na empresa", afirmou o diretor do Sindipetro Ceará/Piuí, Emanuel Menezes.

O diretor Administrativo-financeiro da Cegás, Jorge Otoch Júnior, disse que foi apresentada uma proposta de reajuste de 5,7% retroativo a janeiro de 2014, mais um adicional de 5% às carreiras de assistente administrativo e assistente técnico, já  a partir de agosto deste ano. "Esses valores não foram aceitos pela categoria e até o momento a Cegás aguarda uma contraproposta dos trabalhadores."

TAGS