PUBLICIDADE
Notícias

Leilão de transmissão da Aneel desta 6ª terá 13 lotes

08:10 | 09/05/2014
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) fará, nesta sexta-feira, 9, o primeiro leilão de transmissão deste ano - sem contar o leilão do sistema Belo Monte. O certame oferecerá 13 lotes, compostos de 24 linhas de transmissão que totalizam 3,469 mil quilômetros e 18 subestações, localizados em 11 Estados (Pará, Amazonas, São Paulo, Bahia, Ceará, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, Mato Grosso, Piauí, Tocantins e Paraná).

Os empreendimentos devem demandar investimentos da ordem de R$ 4,3 bilhões e as obras devem ser concluídas em um prazo que varia de 24 a 43 meses.

A Receita Anual Permitida (RAP) máxima a ser paga aos empreendedores, determinada no edital, é de R$ 519,9 milhões. Serão vencedores os proponentes que apresentarem o menor valor de RAP por lote. Os contratos de concessão são de 30 anos. Diferente do que ocorria no passado, a Aneel não divulga mais a lista de inscritos para participar do leilão.

Entre os lotes, o maior é o B, cuja RAP máxima é de R$ 102.161.430, e é composto por duas linhas de transmissão, com 240 km, e três subestações localizadas nos Estados do Pará e do Amazonas, ao qual a Aneel identificou como "travessia do Rio Amazonas".

Já o lote F tem RAP máxima de R$ 76.938.570,00, com duas linhas de 500kV de 328 quilômetros entre Minas Gerais e São Paulo e prazo de construção de 42 meses. Também na casa dos R$ 70 milhões de RAP máxima está o lote D (R$ 71.312.950), composto de duas linhas, de 301 quilômetros e duas subestações, na Bahia. As obras tem prazo de até 43 meses. O lote E, por sua vez, tem quatro linhas que somam 492 quilômetros e RAP de R$ 63.628.190. Os demais lotes têm RAP máxima que variam de R$ 38,7 milhões a R$ 5,5 milhões.

TAGS