PUBLICIDADE
Notícias

Geller atribui alta do PIB agrícola a apoio do governo

12:40 | 30/05/2014
O ministro da Agricultura, Neri Geller, comemorou o desempenho do agronegócio sobre o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre como resultado "política macroeconômica de apoio ao setor" exercida pelo governo federal. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o desempenho do agronegócio sobre economia entre janeiro e março cresceu 3,6%. O resultado ajudou o PIB a registrar 0,2% de crescimento no período. "O estímulo à inovação tecnológica pelo Plano Agrícola e Pecuário, com financiamentos a juros controlados pelo Tesouro Nacional e condições facilitadas de pagamento, também tem possibilitado melhorar a produtividade no campo. É importante também ressaltar a importância do Código Florestal para dar segurança ao produtor", disse o ministro.

Segundo Geller, o resultado era previsto por causa do aumento no crédito para custeio, investimento e comercialização. Agricultura liberou mais de R$ 128 bilhões em crédito para os produtores rurais em dez meses da safra 2013/14, de acordo com o ministro. Ele destacou também ações pela Política de Garantia de Preço Mínimo e medidas adotadas pelo Grupo de Trabalho Interministerial para Gestão do Escoamento da Safra, que incluíram o agendamento de caminhões para os portos, reduzindo custos operacionais e tempo no escoamento da produção agrícola.

O ministro listou ainda como positivo para o desempenho do agronegócio no PIB o "momento favorável do setor pecuário no mercado externo". Ele lembrou que em 2013 as exportações de carne bovina somaram US$ 6,6 bilhões, pontuando crescimento de 16% sobre 2012, enquanto as vendas externas de frango atingiram US$ 7,96 bilhões, registrando alta de 3,3% ano passado sobre o anterior.

TAGS