PUBLICIDADE
Notícias

Fipe: relação entre etanol e gasolina atinge 71,29%

16:00 | 06/05/2014
A relação entre o valor médio do etanol e o preço médio da gasolina alcançou o nível médio de 71,29% no encerramento do mês de abril na capital paulista, de acordo com o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). O número apurado no mês passado ficou levemente abaixo do observado em março de 2014, de 72,00% e também foi inferior ao observado em abril de 2013, de 71,66%.

Segundo especialistas, o uso do etanol deixa de ser vantajoso em relação à gasolina quando o preço do derivado da cana-de-açúcar representa mais de 70% do valor da gasolina. A vantagem é calculada considerando que o poder calorífico do motor a etanol é de 70% do poder dos motores à gasolina.

"Essa é uma época do ano que ainda não é boa para o etanol", afirmou o coordenador do IPC, Rafael Costa Lima, lembrando do período de entressafra da cana de açúcar que costuma elevar os preços do combustível. Para ele, é necessário esperar agora o mês de maio para ver se o período mais favorável fará com que o etanol volte a ser mais vantajoso do que a gasolina em São Paulo.

No mês passado, com base no levantamento do IPC, o valor médio do etanol já deu sinais de barateamento para o consumidor. Apresentou queda de 0,84% ante aumento expressivo de 6,33% em março. O preço médio da gasolina, por sua vez, mostrou elevação de 0,13% em abril nos postos da cidade ante alta de 1,90% em março. No mesmo período, a taxa geral do IPC da Fipe passou de 0,74%, no terceiro mês do ano, para 0,53% no mês seguinte.

No acumulado de janeiro a abril de 2014, o valor médio do etanol subiu 8,82%, segundo o IPC da Fipe. No mesmo período, a gasolina acumulou avanço de 2,38%. O IPC-Fipe, por sua vez, apresentou taxa de 2,76%.

TAGS