PUBLICIDADE
Notícias

Déficit em conta corrente soma US$ 8,291 bi em abril

11:00 | 23/05/2014
O déficit em transações correntes do País somou US$ 8,291 bilhões no mês de abril, informou o Banco Central. O rombo nas contas externas é o maior para meses de abril. O resultado ficou acima do intervalo previsto, segundo levantamento do AE Projeções, que apontava déficit entre US$ 8,000 bilhões e US$ 5,600 bilhões, e pior do que a mediana de US$ -6,700 bilhões.

De acordo com o BC, a conta de rendas ficou negativa em US$ 4,512 bilhões. A de serviços, negativa em US$ 4,364 bilhões. Esses resultados foram parcialmente influenciados pelo superávit comercial de US$ 506 milhões e pelas transferências unilaterais positivas de US$ 78 milhões.

No acumulado de janeiro a abril de 2014, o déficit em conta corrente soma US$ 33,476 bilhões, o equivalente a 4,65% do Produto Interno Bruto (PIB). No acumulado dos últimos 12 meses até abril, o saldo está negativo em US$ 81,611 bilhões, o que representa 3,65% do PIB. A estimativa do BC para o déficit em abril era de US$ 7,8 bilhões.

IED

Os Investimentos Estrangeiros Diretos (IED) somaram US$ 5,233 bilhões em abril, volume inferior aos US$ 5,719 bilhões registrados em abril de 2013. O resultado ficou dentro do intervalo previsto, segundo levantamento do AE Projeções, que apontava IED entre US$ 4,5 bilhões e US$ 6,0 bilhões.

O resultado ficou abaixo da mediana de US$ 5,5 bilhões. Também é inferior à estimativa do BC para o IED em abril, que era de US$ 5,3 bilhões. No acumulado do ano, o IED soma US$ 19,404 bilhões (2,70% do PIB). No mesmo período do ano passado, o IED acumulado era de US$ 18,975 bilhões (2,62% do PIB). Em 12 meses até abril, o IED está em US$ 64,475 bilhões, o que corresponde a 2,88% do PIB.

TAGS