PUBLICIDADE
Notícias

Brasil está mais próspero e menos desigual, diz ministro

Brasileiro médio teve um crescimento de 6,9% na mediana de sua renda, nos últimos 12 meses, reflexo do crescimento observado no mercado de trabalho

10:13 | 06/05/2014
“Em suma o Brasil está ficando mais próspero e mais igual, menos desigual", afirmou, na tarde de segunda-feira (5), o ministro da Secretaria Geral de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Marcelo Neri.

De acordo com Neri, a mediana da renda do brasileiro médio teve um crescimento de 6,9% nos últimos 12 meses, o que reflete o crescimento observado no mercado de trabalho do País.  "Apesar de alguma desaceleração econômica, a renda do brasileiro continua crescendo", disse.

Na avaliação do ministro, os dados revelam que as pessoas de classes sociais menos favorecidas estão tendo um crescimento maior. "Os brasileiros de menor renda, sejam eles mulheres, afro-descendentes, pessoas que moram na periferia, que moram em cidades do nordeste, pessoas de baixa educação, todos eles estão tendo um crescimento acima dos outros grupos tradicionalmente incluídos”, afirmou Neri.

Pesquisa de bem estar

Os dados sobre o crescimento da renda e a queda da desigualdade social no Brasil compõem pesquisa sobre o bem estar da população brasileira, que foi apresentada à presidenta Dilma Rousseff.

“A gente basicamente fez uma avaliação do bem estar da população brasileira, das condições de vida, olhando quatro dimensões: a dimensão da prosperidade – ou seja, quanto a renda média está crescendo, não só o PIB (Produto Interno Bruto), mas a renda do brasileiro. A segunda dimensão é a dimensão da igualdade, quer dizer, os mais pobres estão tendo crescimento maior do que os outros. A terceira dimensão é sustentabilidade, será que este crescimento, esta redução de desigualdade se sustentam no tempo; e a quarta dimensão é a dimensão da subjetividade, saber como os brasileiros sentem estas mudanças”, disse Neri.
Portal Brasil

TAGS