PUBLICIDADE
Notícias

BNDES prevê desembolsos "um pouco menores"

15:10 | 05/05/2014
O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) voltou a reforçar o discurso sobre a diminuição do seu tamanho neste ano. O vice-presidente do banco, Wagner Bittencourt, afirmou nesta segunda-feira, 5, que os desembolsos de 2014 serão "um pouco menores" do que em 2013, embora o orçamento ainda não esteja definido.

"Os pedidos continuam chegando. Temos que atrair mais o financiamento do setor privado", disse Bittencourt, após participar da posse da diretoria da Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro (AmCham Rio). Para isso, segundo o vice-presidente do BNDES, vêm sendo mantidos contatos com os bancos privados.

No primeiro trimestre, o BNDES desembolsou R$ 6,4 bilhões apenas para projetos de empresas do Estado do Rio, crescimento de 214% em relação ao valor de 2013. Em setembro do ano passado, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, estimou que o BNDES liberaria R$ 150 bilhões neste ano, contra os R$ 190 bilhões de 2013. Desde então, autoridades da área econômica têm sinalizado com uma moderação nos empréstimos.

No entanto, sem um orçamento definido, nenhum membro da direção do BNDES sinalizou ainda com uma perspectiva de desembolsos para 2014. No mesmo sentido, tampouco foi anunciada uma estimativa do valor do aporte que o banco de fomento precisará receber do Tesouro Nacional.

TAGS