PUBLICIDADE
Notícias

Vendas a prazo na Páscoa devem crescer 3,5%, prevê CNDL

15:50 | 02/04/2014
As vendas a prazo na semana de Páscoa deste ano devem crescer 3,5% em relação a igual período do ano passado, conforme projeção divulgada nesta quarta-feira, 02, pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). Se a projeção se confirmar, este será o resultado mais fraco dos últimos quatro anos, alertam as duas entidades.

Na Páscoa de 2013 foi apurado crescimento de 5,31% nas vendas a prazo em relação a igual período do ano anterior. Em 2012, a alta foi de 4,84%. Em 2011, o crescimento foi de 7,26%. Em 2010, o aumento foi de 4,50% em relação a 2009.

O presidente da CNDL, Roque Pellizzaro Junior, ressalta que apesar de haver estimativa de alta nas vendas a prazo durante a Páscoa deste ano, o índice de 3,5% reflete a tendência de desaquecimento das vendas no varejo, observado ao longo de 2013 e inicio de 2014. Segundo o executivo, essa movimento negativo está sendo influenciado por fatores como inflação alta, juros altos e menor crescimento da massa salarial. "Mesmo estando sob controle, a inflação é alta e corrói o poder de compra do consumidor. Isso, com certeza, impacta no resultado das vendas", avalia Pellizzaro Junior.

CNDL e SPC destacam que a Páscoa é uma das datas comemorativas mais importantes para o varejo nacional em faturamento e em volume de vendas, juntamente com o Natal, o Dia das Mães e o Dia dos Namorados.

TAGS