PUBLICIDADE
Notícias

IBGE: seca elevou preço de alimentos no IPP de fevereiro

11:20 | 01/04/2014
A falta de chuvas prejudicou a produção de soja e de leite nesse início de ano, o que impulsionou os preços da atividade de alimentos em fevereiro dentro do Índice de Preços ao Produtor (IPP), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A atividade registrou alta de 0,44% em fevereiro, após uma queda de 1,52% em janeiro. Como resultado, o segmento passou de uma contribuição negativa de 0,31 ponto porcentual no IPP de janeiro para impacto positivo de 0,09 ponto porcentual no IPP de fevereiro.

"Eu chamaria atenção principalmente para a soja e para o leite, que vieram em sentido inverso do que geralmente acontece em fevereiro", ressaltou Alexandre Brandão, gerente do IPP na Coordenação de Indústria do IBGE. O pesquisador explicou que a estiagem prejudicou a pastagem e a expectativa para a produção de soja, mesmo em época de safra.

"Houve um aumento estranho de preços tanto de soja quanto de leite, mesmo uma época de safra, que não foi tão positiva quanto se esperou. Em fevereiro do ano passado, todos esses produtos caíram", lembrou Brandão.

O aumento nos alimentos só não foi maior na porta de fábrica porque houve redução de preços de açúcar cristal, devido à demanda menor do mercado externo, e de farinha de trigo, por causa da queda no preço do trigo.

TAGS