PUBLICIDADE
Notícias

IBGE amplia produtos na pesquisa de produção industrial

13:20 | 07/04/2014
Os resultados da Pesquisa Industrial Mensal/Produção Física Brasil (PIM/PF Brasil) contarão com informações de mais produtos já na divulgação prevista para o mês que vem, segundo uma nota técnica divulgada nesta segunda-feira, 7, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A pesquisa também passará a contar com os dados de Mato Grosso, que começa a integrar a série histórica a partir de 2012.

A divulgação dos resultados de acordo com a nova metodologia está prevista para 7 de maio, com os dados referentes a março e ajuste nas informações retroativas a janeiro de 2012.

A PIM/PF reformulada terá informações para todas as Unidades da Federação que, segundo a Pesquisa Industrial Anual - Empresa, respondiam por pelo menos 1,0% do Valor da Transformação Industrial no ano de 2010: Amazonas, Pará, Ceará, Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Goiás, Mato Grosso (incluído na nova série, a partir de 2012) e Região Nordeste.

O IBGE passa ainda a investigar mensalmente 944 produtos em aproximadamente 7.800 unidades locais, um aumento em relação à versão anterior, até então composta por cerca de 830 produtos e 3.700 unidades locais.

A mudança na metodologia da PIM/PF tem como principal objetivo adotar a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) versão 2.0. O instituto comunicou que a reformulação atualiza a amostra de setores, produtos e informantes, além da estrutura de ponderação dos índices com base em estatísticas industriais mais recentes, de forma a atender às necessidades do projeto de reformulação também da Série de Contas Nacionais - referência 2010. Segundo o IBGE, a mudança também servirá para atualizar a infraestrutura tecnológica dos instrumentos de coleta, apuração e análise dos indicadores.

Os resultados da nova série da PIM/PF serão incorporados ao cálculo das Contas Nacionais Trimestrais a partir da divulgação dos resultados referentes ao primeiro trimestre de 2014 - com dados retroativos a 2013-, com divulgação marcada para 30 de maio de 2014.

TAGS