PUBLICIDADE
Notícias

Desoneração tributária soma R$ 8,8 bi em março, diz a RF

10:35 | 28/04/2014
A renúncia fiscal com desonerações em março de 2014 somou R$ 8,867 bilhões, valor R$ 5,413 bilhões maior que o registrado no mesmo mês do ano passado. Em março de 2013, a renúncia foi de R$ 3,454 bilhões. Os números foram divulgados pela Receita Federal, nesta segunda-feira, 28.

A maior alta em relação a março do ano passado foi da desoneração referente a nafta e álcool, que cresceu mais de 3.000%. A renúncia passou de R$ 8 milhões em março de 2013 para R$ 296 milhões no mês passado. A desoneração referente a folha de salários somou R$ 2,039 bilhões no mês passado, ante R$ 808 milhões em março de 2013. A alta foi de 152%.

No acumulado do primeiro trimestre a renúncia fiscal chegou a R$ 26,110 bilhões, R$ 9,916 bilhões a mais que o registrado nos três primeiros meses de 2013.

Receitas administradas

A Receita mantém a previsão de que o aumento da arrecadação das receitas administradas crescerá 3% a 3,5% neste ano, segundo o secretário-adjunto do órgão, Luiz Fernando Teixeira Nunes. "A estimativa é 3 a 3,5% e estamos trabalhando para chegar nos 3,5%", afirmou.

Teixeira argumentou que o acumulado da arrecadação no ano está aumentando com curva ascendente. "Estamos trabalhando com aumento gradual e tênue no aumento dessa variação", disse, acrescentando que a intenção é que a variação chegue a 3,5% no fim do ano. No primeiro trimestre deste ano, houve alta de 2,08% ante os três primeiros meses do ano passado.

TAGS