PUBLICIDADE
Notícias

BC da China contrata novo economista-chefe

01:00 | 09/04/2014
O Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês) contratou um dos observadores mais otimistas da economia chinesa entre os bancos estrangeiros como economista-chefe. Ma Jun, até recentemente economista-chefe no Deutsche Bank, aceitou a oferta do banco central chinês, segundo um memorando interno do banco alemão obtido pelo Wall Street Journal.

Segundo um funcionário do PBoC, essa é uma função recém criada na instituição. Entre as responsabilidades, ele terá que analisar e formular projeções sobre a economia, bem como aconselhar o banco central no rumo das políticas. Ma, que estava sediado em Hong Kong, deve começar no novo emprego ainda neste mês.

No documento, o Deutsche Bank ressaltou que Ma trabalhou na instituição por 13 anos e que construiu uma "carreira extraordinária", acumulando ao longo dos anos grande respeito entre os colegas e participantes do mercado. Ma também atuou como economista no Fundo Monetário Internacional (FMI) e no Banco Mundial.

Em janeiro, ele projetou que os benefícios da reforma econômica e da recuperação na relação comercial com a Europa e os EUA levarão o Produto Interno Bruto (PIB) da China a crescer 8,6% neste ano, destoando de muitas estimativas do mercado em torno de 7,5%. Em março, o Deutsche Bank cortou a projeção para 7,8%, mas o relatório não incluiu o nome de Ma.

Ele também atuou em um think tank afiliado ao Conselho Estatal, que é o gabinete da China, e é frequentemente convidado por líderes chineses para consultas sobre questões econômicas. No começo deste ano, ele foi o único analista de bancos de investimento estrangeiros a comparecer ao encontro presidido pelo premiê Li Keqiang para definir as políticas econômicas de 2014. Ma não respondeu aos pedidos para comentários. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS