PUBLICIDADE
Notícias

Receita Federal desarticula esquema de empresas fantasmas

Foram expedidos dois mandados de busca e apreensão nos escritórios de contabilidade supostamente responsáveis pela organização fraudulenta

11:58 | 07/03/2014

A Receita Federal, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal deflagraram nesta sexta-feira (07/03), em Campinas/SP, a Operação Heraldos, com o objetivo de desarticular esquema de criação fraudulenta de empresas.

Foram expedidos 2 mandados de busca e apreensão nos escritórios de contabilidade supostamente responsáveis pelas fraudes. As investigações tiveram início quando a Receita Federal detectou, durante auditoria, indícios de criação de empresas através da utilização de informações e documentos falsos, inclusive com o emprego de selos de reconhecimento de firma furtados de cartórios.

Estas empresas “fantasmas” foram criadas muitas vezes utilizando-se de “laranjas” que desconheciam serem sócios de empresas e eram utilizadas pelos criminosos para a prática de estelionato e aplicação de golpes em estabelecimentos comerciais, bancos e órgãos públicos.Estão sendo apuradas a prática de diversos crimes, tais como falsidade ideológica, uso de documentos falsos e estelionato.

Foram identificados até o momento mais de 1.200 empresas sob a responsabilidade destes escritórios de contabilidade, o que demonstra o grande potencial de dano à sociedade em geral.

O nome da operação, Heraldos, representa o bastão entrelaçado por duas serpentes (Ob e Od) e um elmo alado. Simboliza a Contabilidade e Mercúrio (ou Hermes), legendário deus protetor do comércio e dos viajantes, emblema da paz e prosperidade, mas também mencionado como o “patrono dos ladrões”. Participam da operação 4 servidores da Receita Federal e cerca de 8 policiais federais.

Portal Brasil

TAGS