PUBLICIDADE
Notícias

Preços variam até 86% entre supermercados

O tomate e a cebola apresentaram a variação de preços mais elevada, equanto o café a menor

10:34 | 20/03/2014
NULL
NULL

O Procon Fortaleza divulgou nesta quinta-feira, 20, uma pesquisa que comparou preços de 31 produtos de alimentação, higiene pessoal e limpeza em dez supermercados da Capital, entre os dias 10 e 12 de março. O tomate apresentou variação de preços mais alta, 86%. No estabelecimento mais barato o preço do quilo do tomate foi R$ 2,68, enquanto que no local de maior preço desse item, o custo chegou a R$ 4,98.


A cebola também apresentou variação elevada. No local mais econômico, o quilo da cebola estava a R$ 1,58, enquanto no local mais caro chegou a R$ 2,89, uma variação de 83%. Já o café em pó foi o item que apresentou menor variação de preços em todos os supermercados pesquisados. O menor preço do café estava a R$ 3,27 e o maior preço chegava a R$ 3,69, uma distorção de 13%.


No conjunto dos 31 itens pesquisados, o supermercado da Rede Pão de Açúcar, da avenida Santos Dumont, apresentou o preço total mais caro dos produtos reunidos, custando R$ 126,60. Já o estabelecimento da Rede Extra, que fica no Shopping Iguatemi, no bairro Água Fria, apresentou a soma total mais barata, onde os produtos pesquisados saíram por R$ 109,74. A variação entre o supermercado mais caro e o mais barato chega a 15,36%.


Dos estabelecimentos pesquisados, a Rede Assaí, localizado no bairro Otávio Bonfim e o Extra, dentro do Shopping Iguatemi, foram os que apresentaram uma maior quantidade de produtos abaixo ou igual ao preço médio. Os dois supermercados tinham 21 itens dos 31 pesquisados abaixo ou igual ao preço médio de cada produto.


De acordo com o coordenador geral do Procon Fortaleza, George Valentim, "os dados apresentados pela pesquisa pretendem auxiliar o consumidor na determinação de uma visão mais clara do custo de cada produto e sugerir o melhor local para realizar suas compras". Ele também avalia que a procura do consumidor por locais que apresentam o conjunto de preços mais baratos poderá forçar a concorrência a reduzir o preço.


A pesquisa

Os produtos foram divididos em 22 de gêneros alimentícios, cinco de higiene pessoal e quatro de limpeza doméstica. Os itens foram definidos por tipo e unidade de medida; e a coleta dos preços tomou como referência as mesmas marcas, escolhidas por sua existência em todos os supermercados pesquisados.


Dicas do Procon

1. O Procon recomenda cautela na hora de comprar. É importante que o consumidor observe a data de validade dos produtos que estejam com preços promocionais.
2. Outra dica é ter o hábito de levar uma calculadora, colocando primeiramente no carrinho os itens de primeira necessidade, e avaliar quanto ainda resta para ser gasto com os outros produtos, sem extrapolar o valor previsto para a compra.
3. Produtos congelados devem ser colocados por último no carrinho, para que não comprometa sua qualidade durante o tempo gasto com a compra dos outros produtos.

Estabelecimentos pesquisados


Assai – Av. Bezerra de Menezes, 571 (Bairro Otávio Bonfim)
Center Box – Av. José Bastos, 4400 (Bairro Bela Vista)
Cometa – Av. N, 1042 2ª Etapa (José Walter)
Extra – Shopping Iguatemi (Bairro Água Fria)
G. Barbosa – Rua Padre Valdevino, 920 (Bairro Joaquim Távora)
Hiper Bompreço – Av. Bezerra de Menezes. 1012 (Bairro Alagadiço)
Pão de Açúcar – Av. Santos Dumont, 1169 (Bairro Aldeota)
São Luiz – Shopping Benfica (Bairro Benfica)
Super do Povo – Av. A, 800 (Conjunto Ceará)
Super Lagoa – Rua Solon Pinheiro, 136 (Bairro Centro)

SERVIÇO
Para conferir a pesquisa completa acesse o link: http://goo.gl/7yLuWM

Redação O POVO Online

TAGS