PUBLICIDADE
Notícias

Hamilton: foco é sempre levar IPCA para o centro da meta

12:50 | 27/03/2014
O diretor de Política Econômica do Banco Central (BC), Carlos Hamilton Araújo, defendeu nesta quinta-feira, 27, durante apresentação do Relatório Trimestral de Inflação (RTI), a atuação da autoridade monetária no sentido de tentar levar a inflação para o centro da meta e elencou a política fiscal expansionista dos últimos anos como um dos fatores que levaram a alta de preços para os patamares atuais.

"Sempre trabalhamos com foco em levar inflação para o centro da meta, mas a inflação responde a diversos estímulos que não necessariamente estão sob o controle do BC", argumentou o diretor. Hamilton citou a apreciação da taxa de câmbio nos últimos anos como um desses fatores. "Os movimentos da taxa de câmbio são determinados pelas forças de mercado e não pelo BC. Houve bastantes mudanças no cenário global que justificaram esse movimento", acrescentou.

O diretor lembrou que a inflação estava em 4,9% em junho de 2012, mas alegou que houve "problemas" depois que impactaram os preços, como a seca que atingiu produtores de commodities e o excesso de chuvas gerou um choque de alimentos in natura. "Além disso, tivemos uma política fiscal expansionista nesses anos, e temos um mercado de trabalho apertado com salários crescendo acima dos ganhos de produtividade", destacou.

Ele ressaltou ainda que a autoridade monetária tem feito o que "está ao seu alcance" e lembrou a alta de 350 pontos na Selic desde abril do ano passado. "Apesar dos ventos contrários - que fazem parte, porque não precisamos só ter ventos favoráveis -, a inflação em 12 meses medida por quase todos os indicadores recuou. O nosso cenário indica uma projeção de inflação recuando no horizonte com o qual trabalhamos", concluiu.

TAGS