PUBLICIDADE
Notícias

Fizemos um test drive no novo modelo da Fiat

O designer gráfico do O POVO, de 1,92 m de altura, testou o pequeno veículo produzido no México. Além disso, o carro permaneceu em testes com a equipe do jornal durante três semanas

10:42 | 18/03/2014
NULL
NULL

O modelo 500 Cabrio é o mesmo que chega aos Estados Unidos, que acompanha airbags laterias e duplos, seguindo as normas da legislação norte-americana. O preço sugerido pela montadora para a versão que testamos - a completa -, é R$ 64.230, que é considerado o sem capota mais barato do mercado brasileiro.

 Apesar de não ser um carro para a família, traz o prazer de dirigir um veículo automático, com direção elétrica, confortável interior e muito seguro.

 Traz freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem (EBD) e assistência hidráulica (BAS); controles de estabilidade (ESP) e tração (ASR); sistema de auxílio de partida em aclives (Hill Holder); piloto automático, além de sensor de estacionamento e faróis com regulagem de altura.

Motor 1.4 16v
O 500 Cabrio só é oferecido com câmbio automático de seis marchas. Tem engate suave e a opção de troca de marchar manual. Apesar do bom fôlego, não espere empolgante arrancada e retomada do motor 1.4 Multiair Flex 16v e 105 cv de potência. Consumo estimado é de 9 quilômetro por litro (km/l), em média, com gasolina. A estimativa é de cair para cerca 6 km/l com etanol. Para dirigir mais esportivamente, o 500 disponibiliza a função Sport. A promessa é de fazer 0 a 100 km/h em 12,6 segundos e chegar a 179 km/h.

O novo motor foi desenvolvido e calibrado pela equipe de Engenharia Powertrain da Fiat em Betim (MG). O grande desafio para o desenvolvimento do motor bicombustível, conforme a Fiat, foi o aumento da taxa de compressão (que cresceu em 8%) e a nova abordagem em relação à admissão do ar, controlada eletronicamente através das válvulas de admissão, uma tecnologia diferenciada do MultiAir.

Nostálgico e Moderno

Lançado em 1957, o 500 deu início à motorização da Itália. Após releitura em 2007, ganhou a versão conversível em 2009. A capota desce até atrás, como um imenso teto solar, mas as laterais não descem. Objetivo é dar mais sustentação ao carro, inclusive, para circular em vias menos conservadas - as nossas. Dá para abrir e fechar a capota com até a 80 km/h. É charmoso por fora e por dentro também. Banco de couro em vermelho e branco, direção retrô, console central de fácil acesso e uso. Sistema multimídia com várias funções e comando de voz para alguns comandos. Há quem ache a nova grafia do painel de instrumentos confusa. Eu não achei, inclusive a mistura de motivos analógicos e digitais mantém a lógica e a harmonia da proposta do carro de ser antigo e moderno ao mesmo tempo.

Números
64,2 MIL REAIS é o preço aproximado do 500 Cabrio, considerado o conversível mais barato do Brasil

Multimídia

 


Confira galeria de fotos do Fiat 500 Cabrio
http://bit.ly/1qN8Nmg


Veja vídeo com imagens do Fiat 500 Cabrio

<iframe width="450" height="253" src="//www.youtube.com/embed/zJOpjyQmEqo" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>

TAGS