PUBLICIDADE
Notícias

Empresas chinesas poderão escolher Bolsa para IPO

02:00 | 28/03/2014
O regulador do mercado acionário da China anunciou que as empresas em processo de oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) poderão escolher em qual bolsa serão listadas.

Em postagem no weibo, um serviço semelhante ao Twitter, a Comissão Reguladora de Valores Mobiliários da China (CSRC, na sigla em inglês) disse que a decisão não dependerá mais da quantidade de ações que planejam vender na oferta inicial.

Atualmente, uma empresa que planeja oferecer até 50 milhões de ações no IPO costuma ser listada na Bolsa de Shenzhen, enquanto as que oferecem mais de 80 milhões de ações são negociadas na Bolsa de Xangai. As companhias que realizam a oferta inicial entre esses dois valores podem ser listadas em qualquer uma das bolsas.

Em 20 de março, haviam 685 IPOs na fila para serem lançados, sendo 170 em Xangai e 515 em Shenzhen.

Desde 2005, quando a Bolsa de Shenzhen inaugurou um segmento para empresas de pequeno e médio porte, a maior parte das aberturas de capital tem sido conduzida por empresas menores. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS