PUBLICIDADE
Notícias

Correios entrarão no negócio de telefonia celular

A estimativa da estatal é adquirir oito milhões de clientes e ganhar R$ 1,5 bilhão em cinco anos

11:42 | 18/02/2014


A Empresa que comanda a entrega de correspondências no Brasil, Correios, fechou acordo com a holding do grupo Poste Italiane para entrar no mercado das operadoras de telefonia móvel até novembro de 2014. Até abril, a empresa pretende escolher um parceiro de telecomunicações que vai oferecer sua rede para atuar junto com as duas operadoras postais.

Com a venda de chips e telefones celulares, cartões de recarga e selos nas sete mil agências dos Correios, a estimativa da empresa é garantir oito milhões de clientes e faturar R$ 1,5 bilhão até o quinto ano de empreendimento.

Dentro de cinco anos, os correios italiano e brasileiro investirão cerca de R$ 150 milhões. Sendo 51% por parte da holding italiana e o restante pagos pelos Correios. Com essa formação de capital, a empresa será uma operadora de telefonia móvel por meio de rede virtual (MVNO) no Brasil.

O meio virtual permitirá à empresa associar os vários negócios dos Correios, em que os consumidores poderão movimentar a conta e fazer transações postais por meio de aplicativos, como, por exemplo, o rastreamento de encomendas.

Redação O POVO Online

TAGS