PUBLICIDADE
Notícias

Premiê da China diz que continuará promovendo reformas

09:51 | 10/09/2013
O primeiro-ministro da China, Li Keqiang, prometeu que seu governo vai continuar implementando reformas financeiras. Em discurso durante o Fórum Econômico Mundial, na cidade de Dalian, Li disse a executivos que Pequim vai avançar na liberalização das taxas de juros e câmbio.

"Vamos continuar promovendo a conversibilidade do yuan sob a conta de capital", disse o premiê. "Atualmente, estamos desenvolvendo negócios em yuan no exterior e teremos mais opções."

Li afirmou que o ritmo das mudanças deve ser em linha com "a força econômica da China, o amadurecimento do sistema financeiro e a capacidade regulatória" do país.

O premiê disse ainda que Pequim considera transformar a Suíça num centro de negócios usando o yuan e citou dados econômicos de agosto, que indicam a recuperação chinesa.

"Recentemente, em especial em agosto, os principais indicadores econômicos...mostraram uma tendência de recuperação e melhora", disse Li, segundo uma transcrição postada na internet pela agência estatal de notícias Xinhua.

Li comentou também que "ajustar a política macroeconômica, expandir o déficit, relaxar a política monetária, quando há pressões de baixa, só teriam um efeito de curto prazo na economia. Segundo o premiê, seu governo preferiu reestruturar a economia e transferir o padrão de crescimento. "Podemos dizer que essas medidas têm dado resultado", afirmou. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS