PUBLICIDADE
Notícias

Estoques estão dentro da normalidade, diz Anfavea

12:56 | 05/09/2013
A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) informou que os estoques totais das montadoras de veículos saíram de 35 para 36 dias entre julho e agosto, o que foi considerado "absolutamente dentro da normalidade" pelo presidente da entidade, Luiz Moan. Segundo ele, os números normais são de 32 a 40 dias.

Havia 395,9 mil unidades nos pátios das montadoras e concessionárias em julho, número que subiu para 400,5 mil unidades em agosto. Nas concessionárias, os estoques recuaram de 297,9 mil para 297,5 mil unidades e o das fábricas, saíram de 98 mil para 103,1 mil unidades entre os períodos.

Moan minimizou a queda de 1,2% nas vendas acumuladas entre janeiro e agosto de 2013 sobre igual período de 2012, uma vez que as vendas de agosto de 2012, de 420,1 mil unidades, foram um recorde histórico para o setor e que o mês passado foi o segundo melhor agosto da história, com os 329,1 mil veículos comercializados.

Sobre a revisão na estimativa de produção em 2013, de um crescimento de até 4,5% para alta de 11,9%, o presidente da Anfavea disse que a entidade levou em conta os aumentos das exportações e à participação de veículos nacionais nas vendas, com a consequente redução dos importados.

"O aumentos das exportações justificam a revisão da estimativa e de uma produção recorde de 3,79 milhões de unidades, já que os mercados consumidores melhoraram. Mas, principalmente, o crescimento na revisão ocorreu pelo aumento da fatia dos veículos nacionais e a queda dos importados após o Inovar-Auto. Em dezembro de 2011 a fatia dos importados chegou a 27% e caiu para 18,9% em agosto", completou Moan.

O presidente da Anfavea informou ainda que as exportações de US$ 1,67 bilhão em agosto foram um recorde mensal histórico para o setor. Já as vendas externas de 64.071 de autoveículos foram as melhores entre todos os meses de agosto.

Ele reafirmou ainda que a alta do dólar no curto prazo é negativa para setor por aumentar custos, mas que a valorização da moeda norte-americana é positiva no médio e longo prazos para a retomada da competitividade do setor.

Em agosto a produção de veículos somou 340.469 unidades, alta de 9% na comparação com julho e de 2,3% ante o mesmo período de 2012. As vendas caíram 3,8% ante julho, com 329.143 unidades, e recuaram 21,6% na comparação com agosto de 2012. No acumulado do ano, as vendas caíram 1,2% e a produção aumentou 13,7% na comparação com janeiro a agosto de 2012.

TAGS