PUBLICIDADE
Notícias

Semestre tem crescimento em 15 de 21 setores, diz CNI

14:46 | 08/08/2013
O crescimento da indústria de transformação no primeiro semestre de 2013 foi heterogêneo, afirma a Confederação Nacional da Indústria (CNI), embora haja expansão para a maioria dos setores em relação ao primeiro semestre de 2012. O faturamento, medido pelas vendas reais, aumentou em 15 dos 21 setores pesquisados, principalmente para máquinas e materiais elétricos, máquinas e equipamentos, veículos automotores, vestuário, madeira, têxteis e borracha e plástico. Bebidas e outros equipamentos de transportes tiveram as maiores quedas de faturamento no período.

Ainda segundo os indicadores industriais da CNI, as horas trabalhadas aumentaram para 12 dos 21 setores. Houve crescimento maior para o setor de bebidas e borracha e plástico. Mas houve queda expressiva em outros equipamentos de transportes e derivados de petróleo e biocombustíveis.

Em 13 setores, houve aumento da capacidade instalada no primeiro semestre em relação ao mesmo período de 2012. Vestuário, metalurgia e madeira foram os que mais aumentaram a utilização do parque industrial.

O mercado de trabalho ficou positivo para 13 setores, com destaque para bebidas, couros e calçados e vestuário. Por outro lado, as quedas mais acentuadas de emprego foram em derivados de petróleo e biocombustíveis e impressão e reprodução.

TAGS