PUBLICIDADE
Notícias

Dólar deve impactar bens da linha marrom, diz executivo

18:33 | 20/08/2013
O aumento do dólar deve impactar diretamente os preços dos produtos da linha marrom, como televisores e áudio, que são produzidos na Zona Franca de Manaus e cujos componentes, mais de 70%, são importados de todas as partes do mundo, em especial da Ásia. É o que disse nesta terça-feira, 20, em entrevista ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, o presidente da Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros), Lourival Kiçula.

De acordo com ele, o prazo de três meses para o repasse do dólar para os preços, conforme defendem alguns especialistas consultados pelo Broadcast, é adequado, porém apenas para os setores que estão estocados, tanto de produtos finais quanto de componentes. Mas nos setores que estão produzindo e vendendo imediatamente, o repasse pode ser mais rápido.

Kiçula entende que o repasse pode até não ser integral porque existem algumas travas que impedem a transmissão de dólar para preços, como a concorrência. No caso da linha branca, o executivo acredita que alguns preços já podem estar sendo reajustados na esteira do aumento de 30% na chapa de aço e resinas.

"A oscilação do câmbio pode até impedir que o repasse seja feito imediatamente, mas isso começará a afetar a margem de lucro e aí não terá mais como represar o repasse", concluiu.

TAGS