PUBLICIDADE
Notícias

BC: reserva internacionais permite ofertar proteção

18:35 | 31/08/2013
Campos do Jordão (SP), 31/08/2013 - O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, afirmou neste sábado (dia 31) que as reservas internacionais vem registrando expressivo aumento e hoje superam US$ 370 bilhões. "Esse colchão (das reservas) permite ao BC ofertar proteção aos agentes econômicos", ressaltou.

O presidente do BC destacou que a autoridade monetária tem uma "estratégia clara" para dar continuidade ao pleno funcionamento do mercado cambial no País. "Na semana passada, o Banco Central anunciou o programa de leilões de swap cambial e de venda de dólares com compromisso de recompra", disse. "Semanalmente, pelo menos até o fim deste ano, realizaremos leilões de swap cambial, no montante de US$ 2 bilhões, e de venda com compromisso de recompra, no total de US$ 1,0 bilhão. Se necessário, realizaremos operações adicionais", disse.

"Esse programa, além de conferir previsibilidade, ofertará aos agentes econômicos proteção cambial (hedge) superior a US$ 100 bilhões, se considerarmos o montante de proteção que já foi disponibilizado", acrescentou. "Utilizaremos nosso amplo rol de instrumentos para reduzir volatilidade excessiva e mitigar potenciais riscos à estabilidade financeira. E essa estratégia estará presente durante todo o período de transição entre o mundo atual e o mundo à frente, de condições monetárias normalizadas e maior crescimento da economia e do comércio global", concluiu.

Tombini fez os comentários durante palestra de encerramento do 6º Congresso Internacional de Mercados Financeiros e de Capitais da BMF& Bovespa. Após o encerramento, Tombini ficou calado ao ser indagado por jornalistas se o governo irá vender dólares no mercado à vista. Em seguida, o presidente do BC foi retirado do local do evento pelos assessores. (Ricardo Leopoldo e Gustavo Porto, enviados especiais - [email protected] e [email protected])

TAGS