PUBLICIDADE
Notícias

Medida para IOF na renda fixa entra em vigor amanhã

19:43 | 04/06/2013
O Ministério da Fazenda informou que a retirada do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para as aplicações de capital estrangeiro em renda fixa começa a vigorar na quarta-feira, 5. Um decreto será publicado no Diário Oficial da União.

O ministro Guido Mantega anunciou na noite desta terça-feira, 4, em entrevista à imprensa, a redução da alíquota de 6% para 0%.

Mantega também descartou que não há intenção de fazer política anti-inflacionária via câmbio. Segundo o ministro, os instrumentos de política monetária são aqueles que o Banco Central (BC) utilizou na semana passada. Ele não fez referência direta mas, na última quarta-feira, 29, o BC elevou em 0,5 ponto porcentual a taxa Selic, para 8% ao ano.

Mantega disse que, em 2011, havia uma enxurrada de dólares para o País, mas agora há um cenário mais normalizado e equilibrado. O ministro disse que, com a sinalização do Federal Reserve, diminui o excesso de liquidez no mercado internacional.

Mantega afirmou que o que preocupava o governo era o excesso de liquidez, e que isso sempre foi criticado. Ele deu essa declaração ao ser questionado se o governo se preocupa com o risco dessa redução de liquidez afetar o crédito e o investimento. Mantega sinalizou que não tem essa preocupação porque avalia que o mercado, agora, tende a se normalizar. "Não estamos preocupados."

Ele falou que, se houver o refluxo da liquidez, o governo coibirá os excessos. "A tendência é que haja uma regularização e estamos nos adaptando a isso agora."

Novo secretário

Mantega informou ainda não ter o nome do novo secretário executivo do ministério da Fazenda, em substituição a Nelson Barbosa que foi exonerado na véspera. Ele confirmou que Dyogo Oliveira, que já era secretário executivo adjunto, fica no cargo interinamente.

TAGS