PUBLICIDADE
Notícias

Anvisa aguarda informações sobre extensão de problema com produtos

Resolução do órgão publicada nesta segunda-feira, 19, no Diário Oficial da União (DOU) suspendeu a fabricação, a distribuição, a comercialização e o consumo, em todo o território nacional

15:08 | 18/03/2013
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou nesta segunda-feira, 18, que aguarda informações sobre a verdadeira extensão do problema registrado pela empresa Unilever Brasil Industrial com produtos da marca Ades.

Resolução do órgão publicada nesta segunda-feira, 19, no Diário Oficial da União (DOU) suspendeu a fabricação, a distribuição, a comercialização e o consumo, em todo o território nacional, de todos os lotes de produtos Ades da linha de produção TBA3G, na fábrica da empresa em Pouso Alegre (MG). A medida engloba todos os sabores do produto.

A fabricante informou na semana passada que havia identificado uma falha no processo de higienização das máquinas dessa linha de produção. Isso teria resultado no envasamento de embalagens com solução de limpeza em um lote do produto com sabor maçã.

Por meio de nota, a Anvisa explicou que a suspensão foi tomada por precaução e para proteger a saúde da população brasileira. Segundo o órgão, está programada para hoje uma inspeção sanitária feita por autoridades estaduais e municipais na fábrica em questão. Serão verificadas as condições sanitárias de produção e também se a falha identificada pela empresa foi solucionada.

De acordo com a agência reguladora, caso tenha sido verificado que o problema fora de fato solucionado e que não tenha atingido outros lotes e sabores, os produtos serão liberados novamente no mercado.

O consumidor que comprou os produtos não deve consumi-los, orienta a Anvisa. Em casos de queimaduras ou outros sintomas, a recomendação é que a pessoa procure imediatamente atendimento médico.

Para troca o produto ou receber o reembolso, o consumidor deve entrar em contato com o fabricante. A solicitação pode ser feita gratuitamente pelo SAC no 0800 707 0044, das 8h às 20h, ou pelo e-mail [email protected] Em casos de dúvidas, a Anvisa dispõe de uma Central de Atendimento, pelo telefone 0800 642 9782. Com informações da Agência Brasil.

Redação O POVO Online

TAGS