PUBLICIDADE
Notícias

Falências de empresas batem recorde

Um total de 47 empresas faliram, maior valor para janeiro dos últimos dois anos. O resultado no início do ano é ainda reflexo das adversidades de 2012, segundo especialistas

07:41 | 07/02/2013
NULL
NULL

A quantidade de falências decretadas de empresas abriu o ano de 2013 em alta. Ao todo, foram 47 decretos em todo o País no primeiro mês do ano, conforme revela a Serasa Experian. Foi o maior valor para um mês de janeiro dos últimos dois anos, uma vez que em janeiro de 2011 e em janeiro de 2012, foram decretadas 41 e 33 falências, respectivamente.

Dos 47 decretos verificados no primeiro mês de 2013, 34 foram de micro e pequenas empresas, 12 de médias e 1 de grande empresa.

As falências requeridas, por sua vez, somaram 167 registros em janeiro de 2013 sendo que 112 foram feitos por micro e pequenas empresas, 36 por médias e 19 por grandes empresas.

Segundo os economistas da Serasa Experian, a alta nas ocorrências de falências no início de 2013 é ainda reflexo do cenário adverso enfrentado pelas empresas em 2012, abrangendo a desaceleração do crescimento econômico e o patamar elevado da inadimplência dos consumidores.

Assim, na medida em que a economia brasileira vá recuperando dinamismo e a trajetória de normalização da inadimplência dos consumidores vá se firmando, a tendência é de que os registros de falências se reduzam e, mais adiante, revertam o seu atual momento ascendente.

Confira tabela com os números de falências e recuperações:

[FOTO2]

 

 

 

 

 

 

 

 

Redação O POVO Online

TAGS